Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Future Planning fomenta uma gestão sustentável do território

future-planning-essencia-ambiente

Estabelecer a partilha de experiências e práticas no que respeita à gestão sustentável do território, de forma ambientalmente responsável e socialmente justa, é um dos objetivos do Future Planning. Um programa que foi co-financiado pelo EEA Grants 2014-2021, através do projeto do Fundo das Relações bilaterais, e liderado pela ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental.

O projeto, que se desenvolve em parceria com o Município de Lousada e com a Escola Superior para o Desenvolvimento Verde, de Bryne (Noruega), pretende envolver educadores e decisores políticos locais, promovendo o debate sobre uma boa e eficaz gestão do território e incentivando à tomada de ação, diminuindo a lacuna que se observa entre o discurso ambiental e a sua tradução na prática.

OBJETIVOS PRIMORDIAIS DO FUTURE PLANNING

Desta forma, o Future Planning tem como intuito fortalecer um quadro teórico atualizado à luz do conhecimento atual com vista à sua tradução em práticas consolidadas e eficazes, tendo como base as experiências partilhadas, bem como fomentar o diálogo entre educadores e profissionais do ambiente e território no seu trabalho de formação de cidadãos sensibilizados para as questões ambientais com expressão territorial.

De acordo com a ASPEA, em Portugal, a utilização de indicadores de sustentabilidade ambiental no planeamento territorial local é débil. Embora seja evidente o uso do discurso ambiental no planeamento de processos e na elaboração de documentos, a “expressão efetiva de indicadores ambientais é bastante menor em comparação aos indicadores sociais ou económicos”. As práticas de planeamento territorial tendem, assim, “a favorecer as dimensões que induzem à perceção de um retorno mais imediato, isto é, em termos económicos diretos ou em valências sociais”.

CURSOS SOBRE O PLANEAMENTO TERRITORIAL

O programa organizou dois cursos de formação, um em Portugal e um na Noruega, capacitando os participantes para o planeamento territorial ambientalmente responsável e socialmente justo, conferindo-lhes conhecimentos especializados e eminentemente práticos, fornecendo recursos úteis para implementar melhores políticas de gestão do território, privilegiando o ambiente e o ordenamento do território à escala local.

O primeiro evento de formação teve como principal objetivo apresentar diferentes perspetivas de Sustentabilidade do Território e desenvolvimento com enfoque em questões ambientais, incluindo uma componente prática e de “mãos à obra”. O mesmo teve lugar em Bryne (Noruega). Foram debatidas diferentes realidades de cada um dos países e as melhores formas de promover maior participação das comunidades nas políticas locais e tivemos a oportunidade de visitar a NIBIO – Norwegian Institute of Bioeconomy Research. O segundo evento teve lugar em Lousada e incluiu sessões teóricas e práticas sobre a temática abordada pelo projeto, visitas de campo e uma Conferência Final.

O Future Planning prevê, ainda, desenvolver uma publicação elencando iniciativas de boas práticas em políticas locais de planeamento e gestão do território, sendo estas referenciadas pelas entidades envolvidas no projeto.