Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Vantagens do consumo de biocombustíveis avançados e outros combustíveis verdes

biocombustiveis-aba-essencia-ambiente

Os biocombustíveis avançados e outros combustíveis verdes têm emergido como uma alternativa promissora no cenário energético global, apresentando resultados extremamente benéficos para o ambiente e para a economia. Produzidos a partir de matéria orgânica renovável, como óleos alimentares usados, gorduras animais (não destinadas ao consumo humano), molhos e margarinas fora de prazo, algas, borras de café, entre outros, os biocombustíveis avançados e de outros resíduos permitem reduzir entre 84% e 97% as emissões de CO2, quando comprado com os combustíveis fósseis.

Desta forma, a substituição dos combustíveis fósseis por biocombustíveis avançados e outros combustíveis verdes, a partir de matérias-primas residuais, contribui não só para a economia circular, mas também para a neutralidade carbónica de setores como a mobilidade e a indústria.

Para caminhar rumo à sustentabilidade e neutralidade carbónica em 2050, a ABA – Associação de Bioenergia Avançada reuniu cinco vantagens do consumo de biocombustíveis avançados e outros combustíveis verdes.

CINCO VANTAGENS DO CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS VERDES

Reduzem a emissão de gases com efeito de estufa


Os biocombustíveis avançados produzem menos dióxido de carbono (CO2) que os combustíveis fósseis durante a combustão, contribuindo, assim, para a mitigação das alterações climáticas. O incentivo à utilização destas fontes de energia é fulcral para garantir o cumprimento das metas estabelecidas pela União Europeia, que preveem a redução em 55% das emissões de gases com efeito de estufa até 2030, e alcançar a neutralidade carbónica até 2050.

Impulsionam a economia circular


A valorização da economia circular é um dos pilares essenciais para alcançar a neutralidade carbónica. Ao optar por biocombustíveis avançados e outros combustíveis verdes, é possível investir em fontes de energia mais sustentáveis e impulsionar a economia circular de maneira significativa, considerando que estes utilizam resíduos como matéria-prima.

Aproveitar resíduos que, de outra forma, seriam descartados em aterros sanitários ou incinerados permite reduzir a quantidade de resíduos desperdiçados e contribuir para uma gestão mais eficiente dos recursos.

Contribuem para o mix energético


A ABA defende que o mix energético, isto é, a diversificação de fontes de energia sustentável para responder a diferentes desafios e necessidades, é crucial para a transição energética. A inclusão de bioenergia avançada neste leque de energias impacta positivamente a resiliência do sistema energético e a segurança energética global.

Melhoram a qualidade do ar


A combustão de biocombustíveis avançados resulta em emissões mais limpas, contribuindo para a redução da poluição atmosférica, quando comparada com a queima de combustíveis fósseis. Isto melhora a qualidade do ar, beneficiando a saúde pública, dado que há uma redução da exposição a poluentes nocivos. Portanto, a transição para biocombustíveis avançados e outros combustíveis verdes não só representa uma escolha ambientalmente consciente, como contribui para a promoção do bem-estar e da saúde das comunidades.


Estimulam a inovação tecnológica


A procura por fontes alternativas provenientes de matérias-primas residuais para a produção de biocombustíveis avançados e combustíveis verdes estimula a pesquisa e o desenvolvimento de tecnologias inovadoras. Tal pode resultar na criação de métodos mais eficientes de produção, novas fontes de matérias-primas e processos mais sustentáveis, contribuindo para a evolução contínua da indústria.

O impacto negativo dos combustíveis fósseis no planeta é cada vez mais evidente, sendo urgente refletirmos sobre a adoção de fontes de energia sustentáveis. Recorrendo aos biocombustíveis avançados e outros combustíveis verdes será possível acelerar a transição energética e responder às necessidades de todos os consumidores.