Upcycling: Nada acontece por acaso!

upcycling-sensibilização-ambiental-essencia-do-ambiente

Nada acontece por acaso. A vida coloca-nos sempre no sítio certo, à hora certa de forma a que o nosso caminho seja construído passo por passo. Foi assim que aconteceu com a descoberta deste conceito – “upcycling”. A vida encarregou-se que ele viesse ter comigo e fizesse que o meu percurso desse voltas e mais voltas, até perceber que o caminho que tenho a seguir é o de transformar mentalidades e comportamentos.

Tarefa difícil, mas também desafiadora. Mas afinal de contas o que é isto do upcycling?

Upcycling, antes de mais, gostava de sublinhar não significa o mesmo que reciclagem. Ambos os conceitos complementam-se e ambos são cada vez mais necessários para ajudarem-se um ao outro, de forma a encontrar novos caminhos.

Upcycling é um termo que nasceu na Alemanha em 1994 pelo empresário e ambientalista, Reine Plitz, que diz que temos de olhar para os resíduos de outra forma. Temos de dar aos resíduos um maior valor acrescentado. O resíduo tem de ser visto como um recurso a utilizar de novo no processo de produção.

Engraçado foi o que aconteceu comigo em 2007, por questões pessoais, comecei a olhar para o “lixo” de uns como o meu “luxo” e a fazer upcycling sem ter a mínima noção do que isso era, dando por mim a decorar uma casa com tudo que iria parar ao lixo, se eu não fosse recolher.

A vida apresentou-me o conceito em 2014, onde nessa altura e sem saber eu já estimulava a economia circular. Em 2014 ainda não se falava muito destas questões de circularidade, sustentabilidade e minimalismo. Talvez por isso o espaço dedicado à venda de histórias e produtos em segunda mão não funcionasse. Mas o que é certo é que o upcycling ficou gravado na minha memória, pois nessa altura já utilizava alguns resíduos para transformar e as pessoas achavam curioso o conceito, acabando por adquirir os novos produtos feitos através de resíduos.

Esta é uma história como muitas outras histórias onde o destino parecia já estar traçado.

Em 2018 e depois de estudar, pesquisar e analisar achei que era o momento para partir do conceito de upcycling para atingir a meta da circularidade. E assim nasceu o projeto Alexandra Arnóbio Upcycling Projects cuja missão é eliminar resíduos e transformar pessoas. Esta missão assenta na Educação Ambiental Criativa tentando despertar em todos o olhar para a criatividade. Sair da caixa, como costumo dizer e olhar para o que nos rodeia com outros olhos.

Já percebemos que não vamos poder continuar a viver da mesma forma. Pelas mais variadas razões: a natureza já não tem muitos mais recursos para extrair, a poluição do ar e dos rios e oceanos é gritante, o consumismo desenfreado deve passar a ser um consumismo sustentável, as alterações climáticas são a prova de que se não mudamos o nosso comportamento, ela própria se encarrega disso. E encarrega-se de muitas formas, a última a que estamos a viver nos nossos dias, a pandemia provocada por um vírus, não é nada mais nada menos do que o resultado das ações humanas na Natureza.

Por tudo isto qual será a importância do upcycling para as futuras gerações?

É tão simples de perceber que para mudar a estrutura social, só o conseguimos fazer através da educação dos mais jovens. As suas mentes ainda não estão formatadas e rapidamente conseguem perceber a importância deste conceito.

A importância deste conceito para o futuro de todos nós é fulcral. O upcycling será o nosso futuro por muitas razões: sociais, económicas e ambientais.

Quando todos percebemos que muitas vezes não é preciso comprar algo novo e em vez disso utilizar a nossa criatividade para satisfazer as nossas necessidades, tenho a certeza de que seremos uma sociedade mais equilibrada.

Sim, o upcycling pode trazer o equilíbrio que tanto precisamos neste momento. Por exemplo, em termos sociais pode capacitar pessoas com novas competências para que possam ser integradas no mercado de trabalho. Uma vez que muitas profissões vão deixar de existir, temos de explorar outros caminhos, aqui o upcycling pode transformar socialmente os jovens fornecendo-lhes novas competências. Economicamente se passarmos a pôr em prática o conceito de upcycling existem números reais do que pode acontecer em termos de empregabilidade: se cada 10 mil toneladas de resíduos geram 1 emprego se o destino for a incineração; 6 se for o aterro; 36 se for a reciclagem e até 296 se a estratégia passar pela introdução dos resíduos na construção de novos produtos tem como base o upcycling. Ao contrário do que se pensa, a utilização do resíduo como um recurso cria postos de trabalho em vez de os extinguir, o é promissor para o futuro da economia.

As razões ambientais saltam de imediato à vista. O upcycling para produzir novos produtos utiliza energias limpas, logo é um processo que poderá ajudar a reduzir a emissão de gases tóxicos para a atmosfera.

Será assim tão complicado perceber que este é o caminho que temos de fazer rapidamente para vivermos melhor?

Espero que os jovens consigam ter a capacidade de perceber a importância da mudança de paradigma e que acima de tudo compreendam o porquê da necessidade de uma economia circular.

Em suma a transformação só pode acontecer se em conjunto trabalharmos para ela. Acima de tudo a transformação só poderá realmente ser verdadeira se não só transformar resíduos, mas também nos transformar a nós.

Boas Transformações.

Alexandra Arnóbio

alexandra-arnóbio-upcycling

Nota: os artigos publicados na secção opinião são da inteira responsabilidade dos seus autores.

Partilhar artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Get started

If you want to get a free consultation without any obligations, fill in the form below and we'll get in touch with you.