Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Sustentabilidade: vinho verde quer ser ainda mais “verde”

vinho-verde-sustentabilidade-essencia-ambiente

De forma a dar resposta à preocupação cimeira de adaptar a Região dos Vinhos Verdes numa perspetiva de futuro, em que a natureza é a base do seu negócio, mas também um dos seus objetivos, foi apresentada a Estratégia de Sustentabilidade para a Região dos Vinhos Verdes pela CVRVV – Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes.

Uma estratégia que se baseia em três pilares fundamentais: o ambiente, a sociedade e a economia.

A nível ambiental é incontornável a obtenção de uma melhoria na biodiversidade existente na região, com um equilíbrio entre a fauna e a flora extramente benéfico para a viticultura, assim como uma eficiência na utilização da água de rega, a proteção dos auxiliares da vinha e a redução da utilização de produtos fitofarmacêuticos através de medidas preventivas e não reativas.

Também os stakeholders e a sociedade, em geral, são chamados a intervir, pela sua quota de responsabilidade na implementação desta Estratégia de Sustentabilidade Ambiental.

Para a economia, a sua implementação acarreta um amplo conjunto de benefícios, desde uma melhor eficiência energética para a adega, um aproveitamento dos recursos hídricos e um superior aproveitamento das embalagens.

Assim sendo, o grande objetivo é chamar todos os produtores a implementarem melhores práticas, valorizando o vinho e respondendo às tendências da procura onde o Verde já está presente.  

VALORIZAÇÃO DAS TENDÊNCIAS DO VINHO VERDE

Para que todos os intervenientes da Região dos Vinhos Verdes se sintam envolvidos e desafiados a repensar metodologias para uma maior sustentabilidade, a Estratégia de Sustentabilidade da Região dos Vinhos Verdes prevê a implementação de práticas que visam a valorização e vão ao encontro das novas tendências que muitos países onde o Vinho Verde se encontra já representado vão exigindo.

Assim, afirma-se, igualmente, esta importância na captação de novos mercados, nos quais um requisito de negociação é já um Plano de Sustentabilidade implementado numa região com Denominação de Origem ou Indicação Geográfica.

Presentes na sessão de apresentação da Estratégia de Sustentabilidade para a Região dos Vinhos Verdes estiveram Manuel Pinheiro, da CVRVV, na abertura, Rui Madeira Pinto, da CVRVV, no enquadramento e moderação, Manuela Nina Jorge, da Agro.Ges, na apresentação do projeto, João Barroso, do Plano de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, na experiência de iniciativas coletivas, Marta Mendonça, da Porto Protocol,  na experiência de iniciativas coletivas e Dora Simões, da LD Vinhos, na experiência de produtores individuais.

Uma excelente estratégia a seguir que contribuiu para a sustentabilidade ambiental do planeta. Com este esforço individual, mas coletivo, conseguimos contornar as graves problemáticas ambientais atuais. É tempo de mudar para que as próximas gerações não fiquem comprometidas.