Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Póvoa de Lanhoso implementa medidas para combater a escassez hídrica

povoa-lanhoso-combate-escassez-hidrica-essencia-ambiente

Com o objetivo de combater a escassez hídrica, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso está a implementar um conjunto de medidas para tornar mais eficiente a utilização dos recursos hídricos e combater o desperdício de água. No âmbito da sua política de gestão dos recursos hídricos, vai fazer um aproveitamento de águas que se perdiam, utilizando-as para a rega de espaços verdes e para abastecimento dos autotanques dos bombeiros para o combate a incêndios.

MEDIDAS EM PROL DO COMBATE À ESCASSEZ HÍDRICA

Frederico Castro, Presidente da Autarquia, afirma que “estamos a aproveitar as águas provenientes de nascentes da Serra do Carvalho, que até agora se perdiam, encaminhando-as para um reservatório que reativámos, na zona do Horto. Estas águas seguem depois para o depósito existente no quartel dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso para ser utilizada no abastecimento dos autotanques dos bombeiros para o combate a incêndios e para a rega de espaços verdes”.

O responsável salienta que esta medida vai permitir aproveitar a água que até agora era desperdiçada, contribuindo assim para reduzir o impacto ambiental e poupar um recurso vital. “Atualmente, devido às alterações climáticas, estamos cada vez mais sujeitos a sofrer períodos de escassez deste bem precioso, especialmente nas áreas urbanas, onde a população está a aumentar e, consequentemente, o consumo de água também”, afirma.

Por outro lado, “esta medida irá permitir à autarquia poupar dezenas de milhares de euros e potenciar a utilização de água potável para o fim a que efetivamente se destina, sendo também um contributo para a redução da pegada hídrica de todos e para a preservação do nosso planeta”, acrescenta Frederico Castro.

Quando o sistema de abastecimento de água foi implementado, há mais de uma década, a água passou a ser proveniente da Barragem das Andorinhas. As referidas nascentes deixaram de ser aproveitadas, tendo também sido desativado o reservatório que existia no lugar do Horto, na entrada da Vila. 

O município está, ainda, a trabalhar na construção de um tanque de retenção de água para apoio às hortas comunitárias existentes nas imediações do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos. Com a criação deste reservatório de água, será possível suprir as falhas de abastecimento que se registam em épocas mais críticas do ano, como durante o Verão. Excelentes ações em prol do desenvolvimento sustentável do planeta.