Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Os portugueses estão a separar cada vez mais e melhor

reciclagem-sociedade-ponto-verde-essencia-ambiente

De acordo com a Sociedade Ponto Verde, até outubro, foram encaminhadas para reciclagem cerca de 400 mil toneladas de embalagens, o que significa um crescimento de 8% face ao período homólogo de 2020. Este indicador vem reforçar o posicionamento das embalagens enquanto fluxo de resíduos urbanos a cumprir as metas nacionais para a reciclagem, recentemente reconhecido no relatório oficial das autoridades responsáveis.

O desempenho do setor reflete o contributo articulado da Sociedade Ponto Verde (SPV) com as empresas embaladoras e Sistemas de recolha e gestão de resíduos, para aumentar as quantidades recicladas. A sensibilização ao consumidor para a reciclagem faz parte da chave de sucesso para um fluxo de resíduos organizado e com resultados relevantes para a proteção ambiental e cumprimento das metas.

SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL COMO ALAVANCA PARA O AUMENTO DA SEPARAÇÃO

Em 25 anos de atividade, a SPV contabiliza já mais de 55 milhões de euros investidos em campanhas de sensibilização e 13 milhões em I&D.  Investimentos que têm vindo a acelerar a inovação para encontrar soluções com vista à diminuição do impacto dos resíduos gerados pelas embalagens, suportadas no ecodesign e do design4recycling.

Para contribuir para este aumento de separação, as empresas clientes da SPV reportaram ter implementado medidas de prevenção que vão desde a redução do peso unitário da embalagem, à não utilização de embalagens supérfluas ou, ainda, à incorporação de matérias-primas secundárias (recicladas).

Para Ana Isabel Trigo Morais “os consumidores reciclam mais e as empresas estão, também, cada vez mais empenhadas em contribuir para a sustentabilidade encontrando formas alternativas de consumir menos recursos. Um esforço colaborativo de todos que tem de ser reconhecido e que deve permanecer”. Salientando que “as metas da reciclagem de embalagens urbanas (55%) são cumpridas e até ultrapassadas, mas pela frente temos o ambicioso objetivo de chegar aos 65% de reciclagem de todas as embalagens colocadas no mercado até 2025”.

Este aumento de reciclagem é, também, fruto de excelentes campanhas de sensibilização ambiental que consciencializam cada vez mais e melhor os portugueses para a adoção de hábitos verdadeiramente sustentáveis. O esforço deve continuar a ser coletivo entre o setor para um caminho futuro mais verde e ecológico.