Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Politécnico da Guarda forma gestores industriais para a transição energética

politecnico-guarda-transicao-energetica-essencia-ambiente

O Instituto Politécnico da Guarda – IPG vai preparar administradores e gestores industriais para a transição energética e ambiental. O novo mestrado em Gestão Industrial junta gestão e engenharia e irá focar-se no desenvolvimento de competências para uma gestão eficiente dos recursos e para a implementação de processos mais sustentáveis e económicos nas empresas, tais como equipamentos híbridos ou a utilização de energia limpa. O curso arranca já em setembro.

Carlos Figueiredo Ramos, Docente do IPG e um dos diretores do curso, afirma que “com a amplificação do cluster automóvel na região e a necessidade de autonomia neste setor, tem existido uma crescente procura por profissionais com formação superior especializada em Gestão Industrial.” Salientando que “o novo mestrado irá preparar futuros quadros de empresas para a implementação de modelos mais sustentáveis, baseados em fontes renováveis, capazes de responder aos elevados consumos de energia elétrica, às emissões de carbono ou à enorme produção de resíduos”.

Os estudantes deste curso terão a oportunidade integrar o Centro de Investigação em Sistemas Electromecatrónicos (CISE) que tem polos no IPG, nas universidades da Beira Interior e do Algarve e na Universidade Biskra, na Argélia. “O polo de investigação instalado no Politécnico da Guarda, dedicado às energias renováveis, dispõe de equipamentos e trabalhos científicos avançados nas áreas do hidrogénio verde e das energias solar e eólica”, afirma Carlos Figueiredo Ramos, também membro do CISE. “Um dos trabalhos que está a ser desenvolvido é na área da energia solar, sobre a eficiência de equipamentos híbridos, que juntam as energias elétrica e térmica”, conclui.

PLANO DE ESTUDOS EM PROL DA TRANSIÇÃO ENERGÉTICA

Com um plano de estudos muito prático, o novo mestrado irá especializar quadros em economia circular e cadeias de valor, energias renováveis e sustentabilidade energética, logística e em métodos de investigação aplicada à gestão industrial. O curso – com candidaturas a decorrer a partir de 14 de agosto – dará aos estudantes a possibilidade de analisar estudos de caso e de discutir e desenhar soluções para os problemas encontrados.

“A sustentabilidade é uma área no qual o Politécnico da Guarda tem vindo a apostar, com a formação de profissionais e com o desenvolvimento de projetos de investigação focados em áreas como a descarbonização e a economia circular”, afirma Joaquim Brigas, Presidente do IPG. “Com este curso queremos reforçar a ligação ao tecido empresarial, usando o conhecimento científico para melhorar a gestão que é feita na indústria”, destaca.

O mestrado em Gestão Industrial é também uma oportunidade para os alunos das licenciaturas em Mecânica e Informática Industrial, em Engenharia Informática, em Engenharia Topográfica, em Energia e Ambiente, em Engenharia Civil, em Gestão e em Gestão de Recursos Humanos continuarem a sua especialização na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do IPG.