Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Os oceanos estão a mudar de cor devido às alterações climáticas

oceanos-mudar-cor-essencia-ambiente

Atualmente, os oceanos estão a aquecer a um ritmo sem precedentes e estão a gerar uma grande mudança nos ecossistemas. Esta realidade está a provocar alterações significativas no fitoplâncton dos oceanos, fazendo com que a cor da água se altere.

Cerca de 93% do aquecimento global é devido à ação humana e à forte industrialização, que potencia elevados níveis de poluição, surgindo assim fenómenos atípicos como grandes tempestades e, inevitavelmente, temperaturas elevadas.

Os investigadores do estudo “Ocean colour signature of climate change”, publicado na revista Nature Communications, referem que criaram um modelo global que simula o crescimento e a interação das diferentes espécies de fitoplâncton. Para tal, foram simulados a forma como o fitoplâncton, constituído por algas microscópicas, absorve e reflete a luz, e como a cor dos oceanos muda à medida que o aquecimento global afeta a composição das comunidades de algas.

AQUECIMENTO GLOBAL DOS OCEANOS COM REPERCUSSÕES GIGANTESCAS PARA O PLANETA

Com este aquecimento considerável, muitas espécies de peixes, aves, cetáceos e mamíferos são obrigadas a procurar condições mais benéficas para habitarem, o que vai prejudicar outros habitats onde vivem outras espécies nativas. Desta forma, toda a distribuição de oxigénio nas águas vai reduzir consideravelmente.

Os oceanos ocupam 70% do espaço da Terra, sendo elementos essenciais para a vida do Homem e para milhares de espécies de fauna e de flora. Contudo, os fenómenos que afetam os ecossistemas marinhos elevam o risco de propagação de doenças e, consequentemente, prejudica toda a cadeia alimentar. 

Através deste estudo foi, ainda, possível estimar que até 2100 mais de metade dos oceanos vão mudar de cor, devido, sobretudo, às alterações climáticas. Assim, as regiões mais azuis, como os subtrópicos, vão ficar ainda mais azuis, o que se traduz numa menor quantidade de fitoplâncton nos oceanos.