Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Melgaço recebe selo no âmbito da certificação como destino turístico sustentável

melgaço-sustentavel-essencia-ambiente

No âmbito do projeto MELGAÇO + SUSTENTÁVEL, o território de Melgaço recebeu o selo de bronze da Earthcheck – órgão acreditado pela Global Sustainable Tourism Council (GSTC) para certificar destinos turísticos.  Esta região obteve classificação como melhor prática em vários indicadores, destacando-se as emissões de gases com efeito de estufa, o consumo de água potável e os resíduos sólidos enviados para aterro.

Esta, que é primeira distinção na caminhada rumo à certificação, contou com a assessoria do IPDT – Turismo e Consultoria.

AÇÕES EM PROL DA SUSTENTABILIDADE DO TERRITÓRIO

A intenção de integrar redes internacionais de turismo sustentável remonta a 2017, aquando da definição da estratégia para o turismo do destino.

A criação, já em 2021, da DMO, entidade responsável pela gestão da sustentabilidade do destino, foi o primeiro passo oficial rumo à certificação. Em colaboração com os parceiros locais, foi definida e publicada a Política de Gestão da Sustentabilidade de Melgaço, que veio materializar as diretrizes estratégicas para a sustentabilidade do destino e definir os compromissos que se pretendem atingir.

Posteriormente, foi concluído o “Benchmark”. Foi recolhido (e comparado com outros destinos internacionais) um conjunto de indicadores de Melgaço nos domínios da energia, água, resíduos, biodiversidade, emissões de gases com efeito de estufa, economia, sociedade e cultura. Uma análise que evidenciou um excelente posicionamento do destino quanto à sustentabilidade, em termos comparativos.

MELGAÇO APOSTA EM BOAS PRÁTICAS

De acordo com o Município, Melgaço é território com saldo carbónico negativo, ou seja, emite menos CO2 do que aquele que absorve e também produz 15 vezes mais eletricidade renovável (nos parques eólicos do concelho) face ao total de energia que consome. Contudo, não podemos esquecer que o destino absorve cerca de 7 vezes mais CO2 do que aquele que produz e que apresenta excelentes resultados (best practice) ao nível das emissões de gases com efeito de estufa, do consumo de água potável e dos resíduos sólidos enviados para aterro, entre muitos outros.

Desde a sua criação, a DMO tem realizado encontros com todos os parceiros envolvidos, e em parceria com estes desenvolveu também a Avaliação de Riscos e o Plano de Ação. O próximo passo é a auditoria ao destino, realizada por atores externos e independentes, esperando-se que Melgaço possa atingir a certificação “Silver”.

O Município não deixa de realçar que “a sustentabilidade é, no entanto, uma jornada e só um compromisso de longo prazo terá os resultados desejados, razão pela qual continuaremos o trabalho de proteção dos recursos, através das dinâmicas turísticas, envolvendo toda a comunidade local”.

Pelo destino de Natureza Mais Radical de Portugal não faltam opções ecológicas para desfrutar do melhor que Melgaço tem, sejam alternativas no seio da natureza, gastronómicas, radicais e culturais, para celebrar a vida e tudo o que ela tem de bom para o corpo e para o espírito.