Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Melgaço assina Declaração Europeia das Cidades Circulares

José Adriano Lima, Vereador do Município de Melgaço, foi o nosso convidado de ontem na rúbrica Essência do Ambiente, no Porto Canal onde destacamos as Cidades Circulares. Isto porque, Melgaço foi o 2º município português a assinar a Declaração Europeia das Cidades Circulares e está a implementar um conjunto de ações assentes na sustentabilidade dos recursos naturais conjugadas com a preservação e valorização do território e da sua identidade. A preservação de identidade e a coesão urbano-rural foram os eixos que estiveram na base da assinatura da Declaração das Cidades Circulares. Melgaço, como território profundamente marcado pelo contraste entre a serra e as paisagens de baixa altitude que margeiam o Rio Minho, assume uma grande importância na promoção da coesão territorial, socioeconómica e cultural inerente à preservação e valorização da identidade do território. 
A forte história e tradições transfronteiriça, aliada à riqueza e diversidade da cultura do seu célebre vinho Alvarinho, das suas restantes tradições rurais e antigas raízes antropológicas, contribui para a necessidade do concelho de melhorar processos, sistemas e curto-circuitos e implementar estratégias que garantam a coesão urbanorural, para o benefício de todos. 
Um esforço que contribuiu, ainda, para colocar a região do Alto Minho, onde Melgaço se insere, entre os destinos mais sustentáveis do mundo. O Município de Melgaço, situado na Área Protegida mais importante de Portugal, o Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) e consagrado pela UNESCO Reserva Mundial da Biosfera, é, desta forma, um destino sustentável por excelência, onde é possível apreciar e descobrir o melhor da natureza. Nesta região, são muitas as alternativas sustentáveis, em volta da natureza, sendo que os desportos de rio e de montanha, durante todo o ano, estão cada vez mais no auge da procura pelos turistas de todo o mundo.

 

Não basta ter valor. É necessário comunicar valor. E o valor ambiental das marcas portuguesas é muito elevado, mas ainda muito pouco conhecido, por isso, ao longo dos próximos meses vamos dar palco e voz a projetos e práticas sustentáveis, contribuindo para a consciencialização e para a mudança comportamental.

Fiquem atentos!

[vc_btn title=”Restantes emissões” color=”success” link=”url:https%3A%2F%2Fessenciadoambiente.pt%2Fporto-canal%2F”]