Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Mangualde acelera na transição para uma economia mais circular

o Município de Mangualde tem vindo a trabalhar num conjunto de projetos que consigam dar resposta aos desafios ambientais atuais

Acreditando no impacto de uma economia cada vez mais circular e sustentável no desenvolvimento do território, o Município de Mangualde tem vindo a trabalhar num conjunto de projetos que consigam dar resposta aos desafios ambientais atuais e contribuam para se afastarem de uma Economia Linear.

Exemplo disso, é o investimento de quase 10 milhões de euros em ETAR´s no concelho de Mangualde, a candidatura à Rede para a Construção Circular e Sustentável e ao Projeto Water4People e a adesão à Declaração Europeia para uma Economia Circular.

TRATAMENTO E REUTILIZAÇÃO DE ÁGUAS RESIDUAIS

Um dos objetivos da autarquia mangualdense é o de dotar o concelho de infraestruturas necessárias para o tratamento e reutilização de águas residuais, garantindo, desta forma, condições ambientalmente seguras. Mas o desequilíbrio entre a procura de água e a sua disponibilidade torna-se cada vez mais preocupante e, por isso, o projeto tem como foco promover a reutilização de águas residuais para uso industrial e agrícola. Uma ação que permitirá colocar o concelho num patamar de excelência e referência no que diz respeito ao uso e reutilização de águas residuais.

Dos 10 milhões de investimento previsto, quase 6 milhões destinam-se às duas maiores ETAR’s do concelho: uma concluída e em funcionamento e outra em arranque de obra. São duas ETAR´s que dão resposta ao perímetro urbano da cidade e que tratarão mais de 60% das águas residuais do concelho.

COMPROMISSO: CIDADES CIRCULARES

Dando resposta ao desafio de caminhar para uma economia mais circular, o Município de Mangualde, em consórcio com outros municípios, candidatou-se, ainda, a dois grandes eixos da “Iniciativa Nacional Cidades Circulares” (InC2): a Rede para a Construção Circular e Sustentável (RC2CS) e o Ciclo Urbano da Água (Projeto Water4People). Uma iniciativa, promovida pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática, através da Direção-Geral do Território, que tem como objetivo apoiar e capacitar os municípios e as suas comunidades na transição para a economia circular.

Com a candidatura ao eixo R2CS, Mangualde tem por objetivo definir diretrizes de apoio e suporte a todos intervenientes no processo construtivo das cidades, na procura de um (re)uso sustentável e natural dos recursos. Desta forma, potenciará uma a transição para uma economia circular e de baixo carbono com foco na durabilidade, adaptabilidade e redução de recursos em edifícios e espaço público, sendo um exemplo de inspiração e estímulo à experimentação.

Já com a adesão ao projeto Water4People, Mangualde pretende integrar uma rede que visa promover a integração, a aprendizagem e a participação focada no ciclo urbano da água, nomeadamente nos desafios da gestão eficiente e inteligente da água, reutilização para fins domésticos e industriais, bem como a sensibilização para a importância dos recursos hídricos enquanto promotor de bem-estar, desenvolvimento económico e sustentabilidade.

Mangualde é, ainda, um dos signatários da Declaração Europeia para uma Economia Circular comprometendo-se a atuar como embaixador e a defender uma economia circular com eficiência de recursos, de baixo carbono e socialmente responsável. O objetivo conjunto, das cidades e regiões que assinam a declaração, é acelerar a transição de uma economia linear para uma economia circular na Europa.

Os signatários terão, ainda, oportunidade de colaborar dentro da rede, integrando um grupo de cidades que contribuirá significativamente para a consciencialização de benefícios políticos, sociais, ambientais e financeiros a longo prazo da economia circular.

O Município de Mangualde contribui, assim, para que o concelho se torne mais sustentável, ao incrementar mudanças na comunidade, assumindo o compromisso no processo de aceleração para uma economia circular.