Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Huawei Summer Camp 4 Her alia tecnologia à sustentabilidade

huawei-tecnologia-sustentabilidade-essencia-ambiente

O “Huawei Summer Camp 4 Her”, uma iniciativa da multinacional tecnológica Huawei, desenvolveu uma ação de voluntariado focada na componente ambiental: o controlo de plantas exóticas invasoras no parque florestal da Quinta do Pisão, em Cascais.

Esta ação decorreu junto da Casa da Cal, numa zona infestada com várias plantas invasoras, e teve início com uma explicação sobre a importância deste controlo. Adicionalmente, foi abordado o impacto para os ecossistemas e a biodiversidade.

COMBATE ÀS PLANTAS EXÓTICAS INVASORAS

Após a introdução realizada pelos técnicos da Quinta do Pisão foram os jovens que entraram em ação para contrariar a ameaça ambiental através da apanha das espécies invasoras. Existiu, ainda, tempo para uma visita a uma área recuperada, o que permitiu aos participantes entenderem a importância do trabalho desenvolvido, assim como aquele que será o resultado final, a longo prazo, através do esforço que investiram.

Precisamente pelo facto de pretender evidenciar as possibilidades de carreira no mundo da tecnologia, em sintonia com o desenvolvimento sustentável e pessoal, o Huawei Summer Camp 4 Her foi, no entender de Diogo Madeira da Silva, Diretor da Huawei em Portugal, “uma experiência extremamente enriquecedora”. Como tal, considerou-se “fundamental incluir no programa deste Summer Camp um momento pedagógico no âmbito da sustentabilidade ambiental, convertido numa ação de voluntariado que teve uma adesão massiva por parte das participantes”, conclui.

A aproximação entre a tecnologia e a sustentabilidade não é uma novidade para a multinacional. A empresa garante manter padrões elevados em prol de operações mais verdes, estando constantemente à procura de oportunidades para reduzir as emissões de carbono. A tecnológica defende ainda que as TIC desempenham um papel decisivo no alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU pelo papel vital da tecnologia não só para o desenvolvimento socioeconómico, mas também no âmbito da proteção ambiental e do bem-estar da humanidade.

Uma excelente iniciativa que contribui, significativamente, para a redução dos impactos negativos das Espécies Exóticas Invasoras. Através de ações de educação e sensibilização ambiental como esta caminhamos rumo a verdadeira sustentabilidade integral do planeta.