Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Mascare-se neste Halloween! Damos 5 ideias de disfarces sustentáveis

halloween-ideias-sustentaveis-essencia-ambiente

Se é daquelas pessoas que vive o espírito de Halloween como ninguém, mas nunca encontrou a solução ideal sustentável, deixamos cinco sugestões que vão apavorar todos aqueles que se cruzarem consigo.

Para estas criações só precisa de mente aberta e vontade de mudar o mundo. Sabe porquê? Porque a partir de então só vai adotar comportamentos e implementar hábitos para uma rotina eco-friendly. Depois é só inspirar quem o rodeia para caminharmos para um mundo verdadeiramente mais sustentável.

1º Faça um fantasma e aproveite os lençóis que já não usa

Sim, isso mesmo. Pegue em lençóis que já não utiliza e faça rasgões em locais estratégicos. Pode também pintar os lençóis com marcadores ou tinta preta para dar aquele toque de Halloween. Para este disfarce sugerimos que decore também uma abóbora para que a sua máscara fique mais aterrorizadora. Para isso, apenas necessita de a cortar para fazer olhos, nariz e boca. Acrescente, ainda, uma vela por dentro para a tornar mais assustadora.

2º Mascare-se de esqueleto 

Este é, sem sombra de dúvidas, o disfarce mais fácil de desenvolver. Apenas necessita de sacos do lixo e de um marcador branco ou de um corretor. Pegue, em primeiro lugar, num saco do lixo, corte-o ao meio e una as partes, estrategicamente, para fazer a silhueta da pessoa que se vai disfarçar. 

Depois, com o marcador ou corretor desenhe os traços para fazer o esqueleto. Para aquele susto que tanto deseja pregar, sugerimos que pinte a cara de branco e que também desenhe traços pretos de forma a parecer mesmo um esqueleto.

3º Reutilize almofadas para se fazer passar de abóbora

Sim, leu bem. Reúna várias almofadas que já não utiliza e cosa umas às outras. Se tiver em casa almofadas pretas ou laranjas dê preferência a essas, caso contrário poderá pintá-las para que se pareça com uma abóbora. Para completar o seu look de Halloween calce meias laranja ou pretas e está pronto para a aventura de Halloween.

4º Um morcego sustentável 

Para este disfarce apenas necessita de cartão que tem por casa. Aqui todos os restos de papel contam. Comece por fazer as asas do morcego, depois recorte com uma tesoura ou x-ato. Seguidamente, apenas necessita de as coser ou colar, de forma a unir as asas. Para o fato sugerimos camisola e calças pretas. E claro, não se esqueça de pintar a cara toda de preto!

5º Um zombie sempre será uma boa opção

Reúna roupa velha que sabe que nunca mais vai utilizar no seu dia a dia. Para se mascarar de zombie sugerimos que rasgue essa roupa em locais estratégicos e que a pinte com muita tinta vermelha. Mas para que se pareça com um zombie terá de pintar também o resto do corpo com cor cinza e fazer feridas com cor vermelha. Não se esqueça, na cara é crucial que tenha marcas “de guerra” para tornar a sua personagem ainda mais real.

Estes são apenas alguns exemplos sustentáveis para tornar o seu Halloween ainda mais aterrorizante. Com estas ideias esperamos contribuir para a sustentabilidade ambiental do planeta ao fazer um uso consciente dos recursos. Faça a sua parte sempre que conseguir, pois só assim poderemos dizer que SOMOS MESMO VERDES.

HALLOWEEN: CONHEÇA A TRADIÇÃO

Halloween, também conhecido como o Dia das Bruxas, é comemorado, anualmente, a 31 de outubro. A palavra Halloween é uma abreviação da expressão All Hallows’ Eve pela junção das palavras “hallow” que significa “santo” e “eve” que quer dizer “véspera”, pois ocorre no dia anterior à celebração do Dia de Todos os Santos.

Há muitos anos, acreditava-se que nesse dia os mortos se levantavam e se apoderavam dos corpos dos vivos. Por esse motivo, eram usadas fantasias e a festa era repleta de artefatos sombrios com o objetivo de se defenderem desses espíritos.

Nos Estados Unidos, a tradição é levada muito a sério. As crianças usam fantasias e batem às portas das casas referindo a tradicional frase: “doce ou travessura?” Assim, as crianças pedem doces, ameaçando cometer uma travessura a quem negar as guloseimas. A tradição também se faz chegar a muitos países pelo mundo, incluindo Portugal.

É, desta forma, possível manter a tradição de Halloween e, ao mesmo tempo, através de ações de sensibilização e educação ambiental como estas respeitar o planeta, de forma a caminharmos num sentido mais verde.