Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Empresas químicas aliam-se para atingir altos níveis de sustentabilidade

empresas-quimicas-sustentabilidade-essencia-do-ambiente

Tendo como foco a aceleração e a adoção de soluções químicas mais ecológicas na indústria têxtil e do couro, a Sustainable Chemistry for the Textile Industry (SCTI), uma aliança de sete empresas, comprometeu-se a atingir elevados níveis de sustentabilidade ambiental. Desta forma, irá partilhar conhecimentos químicos e a sua aplicabilidade, fornecendo, ainda, ferramentas para ajudar as indústrias a adotarem tecnologias e otimizar processos sustentáveis. 

A Sustainable Chemistry for the Textile Industry, uma aliança entre as empresas Archroma, Huntsman, CHT Group, Kyung-In Synthetic Corporation (KISCO), Pulcra Chemicals, Rudolf Group e Tanatex Chemicals, vai auxiliar produtores, marcas e retalhistas a encontrarem soluções ecológicas e sustentáveis.

Para Rohit Aggarwal, Presidente da SCTI e Diretor da Huntsman Textile Effects “à medida que a indústria têxtil e a indústria do couro, a nível global, se esforçam para se tornarem mais sustentáveis, as soluções químicas têm um papel cada vez mais decisivo a desempenhar.” Salientando, “a química sustentável permite que produtores, marcas e retalhistas possam proteger melhor o bem-estar dos trabalhadores das fábricas, das comunidades locais, do meio ambiente e, por último, dos consumidores. Apesar das melhorias significativas serem possíveis, nenhuma empresa pode, contudo, alcançar a mudança para a sustentabilidade sozinha. Esta é a dinâmica da SCTI.”

OBJETIVOS PARA A SUSTENTABILIDADE DOS PRODUTOS QUÍMICOS

Entre as diversas resoluções da SCTI, para desenvolver indústrias mais sustentáveis, equilibradas e ecológicas, estão a disposição de cadeias de aprovisionamento mais limpas e transparentes, sem utilizar tantos recursos hídricos e energéticos, a redução das emissões poluentes e, consequentemente, a redução dos níveis de poluição.

As empresas envolvidas estão a desenvolver um padrão de uniformidade sustentável, que abrange aspetos relacionados com um determinado artigo, desde os perigos até aos impactos sociais, ecológicos e ambientais. É, desta forma, determinante a implementação deste tipo de projetos para promover a responsabilidade social e ambiental e mitigar alguns dos problemas do Planeta, que poderão afetar as próximas gerações.