Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Economia Verde: os 5R’s da sustentabilidade

economia-verde-essencia-ambiente

Desperta para a importância crescente dos 5R’s, a Cash Converters, empresa líder na compra e venda de produtos em segunda mão, esclarece os cinco conceitos que constituem a base atual da sustentabilidade e da gestão de resíduos, e que devem ser tidos em conta a favor da economia circular. O objetivo?  Tornar a sociedade de consumo numa sociedade ainda mais preocupada com a sustentabilidade ambiental.

OS 5 RS DA SUSTENTABILIDADE

REDUZIR

Reduzir é sinónimo de deixar para trás alguns artigos que já não são utilizados e evitar as compras por impulso apenas para aproveitar descontos, por exemplo. Este R leva não só à poupança monetária como também à poupança de tempo, recursos naturais e materiais.

Este implica ter clareza face às necessidades e, principalmente, tê-la no momento da decisão de compra.

REUTILIZAR

A reutilização pressupõe a utilização de produtos mais do que uma vez, com o objetivo de reduzir o impacto dos mesmos no ambiente, nomeadamente, através da produção de produtos novos ou destruição dos mesmos.

Exemplo de reutilização é a substituição de garrafas de água descartáveis por garrafas de aço inoxidável, a utilização de sacos de tecido em vez de sacos de plástico e, mais do que nunca, a compra de produtos em segunda mão, que lhes permite dar uma nova vida.

RECICLAR

O terceiro pilar da tríade de Rs conta com a separação de produtos e materiais de modo que seja possível evitar que os mesmos acabem em aterros, prejudiciais ao ambiente.

Em casa, nas empresas e até na rua, os ecopontos devem fazer parte do cenário para garantir um melhor futuro para o ambiente.

REPARAR / RECONDICIONAR

O 4º pilar dos 5 existentes, atualmente, defende a reparação de produtos danificados ou com defeito para que o tempo de vida do mesmo possa ser estendido. 

A curto prazo, para as empresas, este R pode não trazer benefícios para o negócio, já que as pessoas passam a preferir reparar os produtos que já têm. Contudo, a longo prazo, irá ajudar a consolidar o posicionamento de uma empresa socialmente responsável e aumentar a venda de novos produtos com base na sua reputação.

RECUSAR

Hoje já é possível recusar a compra de produtos que sejam embalados em plástico ou recusar palhinhas em restaurantes – um comportamento que faz toda a diferença.

Recusar determinados produtos ou materiais permitirá eliminar grande parte dos resíduos produzidos, incentivar a procura de novas alternativas e ter um papel mais ativo na preservação da sustentabilidade.

Ações que levam os consumidores a apostarem no desenvolvimento sustentável do planeta a longo prazo. A implementação de hábitos e comportamentos que podem parecer simples fazem toda a diferença na proteção do ambiente.