Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

DB Schenker e MSC caminham para a descarbonização

DB Schenker-msc-biocombustiveis

A DB Schenker, o operador logístico líder na gestão da cadeia de abastecimento, está a expandir os seus serviços de transporte marítimo ecológico através de uma parceria com a Mediterranean Shipping Company (MSC), a maior companhia marítima de contentores do mundo. O objetivo? Garantir a utilização de 12.000 toneladas de biocombustível em toda a sua carga, incluido contentores refrigerados, contentores de carga completa (FCL) e contentores de carga fracionada (LCL).

A quantidade de biocombustível adquirida é suficiente para poupar mais de 35.000 toneladas de dióxido de carbono ao longo de toda a cadeia de produção. O equivalente a cerca de 30.000 contentores padrão pode ser expedido com zero emissões de dióxido de carbono, dependendo da forma como o combustível é utilizado durante a navegação.

SINERGIAS QUE PROMOVEM A REDUÇÃO DE CARBONO

Esta sinergia representa um dos maiores acordos de redução de carbono entre um operador de transporte de mercadorias e uma companhia de navegação. Desta forma, prevê a utilização de biocombustíveis sustentáveis certificados de segunda geração – derivados de óleos alimentares usados – em vez dos combustíveis marítimos convencionais de origem fóssil.

O resultado serão aproximadamente 50.000 toneladas de biocombustível misturado para ser utilizado nos navios porta-contentores da MSC. Um acordo que permite à DB Schenker oferecer aos seus clientes um produto que viabiliza um envio sem emissões, em prol do planeta.

Esta parceria é o mais recente exemplo do compromisso da DB Schenker com a logística sustentável e é outro forte contributo para o aumento da procura de combustíveis alternativos na indústria. À semelhança dos voos net-zero, que utilizam combustível de aviação sustentável (SAF), os consumidores podem agora reservar serviços de transporte marítimo de net-zero e receber um certificado anual de redução de emissões pela sua pegada de carbono.

Thorsten Meincke, Membro do Conselho Global de Carga Aérea e Marítima da DB Schenker, destaca que “em parceria com a MSC, estamos a oferecer aos nossos clientes uma solução cómoda e limpa, utilizando biocombustível marítimo de última geração para os ajudar a alcançar reduções adicionais de emissões. Fazêmo-lo porque acreditamos convictamente que é a coisa certa a fazer, e é por isso que pagamos adiantado na compra de biocombustível. Uma coisa é certa: quanto mais os clientes exigirem neutralidade climática ao longo da cadeia de abastecimento, mais rapidamente conseguiremos um transporte de contentores limpo”.

Já Caroline Becquart, Vice Presidente Sénior da MSC, assegura que “a descarbonização da navegação não é alcançada sozinha, e exige a colaboração entre  empresas de navegação, empresas de logística e os respetivos clientes. A MSC Biofuel Solution é o nosso primeiro programa de redução de carbono certificado, reduzindo as emissões de carbono nas cadeias de abastecimento dos nossos clientes, acelerando a transição energética através da criação de procura de transporte marítimo de carbono zero e proporcionando reduções diretas de CO2. Estamos muito felizes por estabelecer esta parceria com a DB Schenker, com quem partilhámos ambições climáticas similares ao longo da nossa jornada comum em direção à Net Zero”.

O biocombustível pode ser utilizado em operações habituais de transporte marítimo sem necessidade de ajustar as infraestruturas do navio ou a cadeia de abastecimento, tornando-o numa solução particularmente conveniente.

Uma excelente ação que beneficia não só toda a comunidade como o planeta ao fomentar futuras reduções de emissões na indústria.