Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Comprar online traz impactos negativos para o meio ambiente

deco-comprar-online-essencia-ambiente

O impacto da COVID-19  fez aumentar o comércio online e com ele também as embalagens dos produtos, que muitas vezes são desproporcionais e injustificadas em relação ao seu conteúdo, tendo um efeito gigantesco para o meio ambiente. Esta foi a conclusão de um teste desenvolvido pela DECO Proteste.

Com o objetivo de analisar cada embalagem utilizada para o transporte, a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor comprou 13 pen USB e 12 frigideiras, em 18 lojas online. A entidade salienta “optámos por produtos do mesmo modelo, exceto quando não estava disponível. Neste caso, comprámos outro semelhante, com as mesmas formas e dimensões, de modo a facilitar a comparação entre lojas.” O resultado foi surpreendente, tendo sido, em alguns casos, muito dececionante, alerta a DECO Proteste.

EMBALAGENS VÊM CHEIAS DE PLÁSTICO E DE CARTÃO

Os produtos comprados pela entidade não são frágeis, pelo que dispensam proteção excessiva. Ao efetuar este teste a DECO verificou que nem sempre isso acontecia. Além da mistura de matéria, nem todos eram recicláveis, como o papel envernizado, usado para envolver a frigideira.

A Deco deixa, ainda, no seu site, o alerta de que as empresas devem optar por embalagens feitas à base de materiais fáceis de separar e reciclar.

FAZER COMPRAS ONLINE PREJUDICA O AMBIENTE

As compras online revelam um impacto positivo para o consumidor, mas têm alguns efeitos negativos para o meio ambiente. Exemplo disso é o tipo de transporte usado pelas empresas distribuidoras que influencia as emissões atmosféricas.

Quando realizado através de camiões, as emissões de óxidos de azoto (NOx) têm um impacto ambiental significativo. Também quando o consumidor encomenda vários produtos numa loja, mas os mesmos são entregues em separado, há mais emissões associadas ao transporte, por implicar mais viagens. Em relação às entregas rápidas, a pegada de carbono associada aumenta, uma vez que poderão exigir transporte em avião. Caso ocorra uma devolução que implique o retorno do produto à origem, o impacto poderá duplicar.

Este teste veio comprovar que é necessário melhorar as embalagens usadas no comércio online, uma vez que a maioria apresenta dimensões demasiado elevadas para o produto que envolve, contendo muitas vezes matérias de enchimento apenas para preencher os espaços vazios. A associação deixa, ainda, o alerta que é fundamental que o Ministério do Ambiente intervenha de forma a regular o excesso de embalagem. Apostar no Ecodesing é uma das formas de reduzir o impacto ambiental das embalagens. Mas não chega. É crucial que as empresas parem e refletiam: SEREI MESMO VERDE?