Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Coca-Cola aposta na inovação e lança protótipo de garrafa de papel

coca-cola-sustentabilidade-essencia-do-ambiente

Caminhar para um mundo sem desperdícios é o lema da Coca-Cola que desenvolveu um primeiro protótipo de uma garrafa de papel. Esta entidade associou-se à start-up dinamarquesa Paboco The Paper Bottle Company para criar garrafas a partir de materiais renováveis, recicláveis ​​e biodegradáveis.

Esta estratégia está inserida na iniciativa World Without Waste e compromete-se a reduzir, substancialmente, o uso de matéria-prima virgem no fabrico das embalagens e que estas sejam 100% recicláveis. O objetivo é recolher e reciclar, até 2040, o equivalente a 100% das latas e garrafas que comercializa.

COCA-COLA INVESTE NA ECOINOVAÇÃO POR UMA MAIOR SUSTENTABILIDADE DAS EMBALAGENS

Stijn Franssen, R&D Packaging Innovation Manager para o mercado EMEA da Coca-Cola refere que ainda há um longo caminho a percorrer, uma vez que o fabrico deste protótipo ainda não é possível sem a utilização de uma pequena quantidade de plástico. O protótipo “consiste num invólucro de papel com uma tampa de plástico e um fino revestimento de plástico no interior também. É 100% plástico reciclado e pode ser processado novamente, mas o nosso objetivo é criar uma garrafa de papel que se possa reciclar como qualquer outro papel. O próximo passo será encontrar uma solução que permita gerar uma garrafa sem aquele revestimento plástico”.

Desta forma, estão a ser desenvolvidos testes rígidos e exaustivos para que esta garrafa sustentável cumpra todos os padrões em termos de qualidade e segurança alimentar.  Além disso, estão também a ser estudadas as futuras reações dos consumidores sobre quando, onde e como poderá ser reciclada esta garrafa.

Ao investir na ecoinovação, explorando, cada vez mais, alternativas sustentáveis, a Coca-Cola propõe-se a reduzir a produção de resíduos por um mundo mais verde, onde cada embalagem é recolhida e reciclada após a utilização. Mesmo que algumas embalagens vão parar acidentalmente à natureza, acabam por degradar-se e não prejudicam o meio ambiente.

Projetos como este demonstram a sua verdadeira importância no combate à poluição do Planeta. Uma iniciativa que promove o uso de tecnologias mais recentes em virtude da sustentabilidade ambiental.