Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Cidade do Zero promove a sustentabilidade de forma divertida

cidade-zero-essencia-ambiente

Viver conscientemente e de maneira responsável no que toca ao ambiente não tem de ser uma tarefa complexa. Para desmitificar esta questão surge o evento “Cidade do Zero”. Uma iniciativa que pretende partilhar, de forma recreativa, diversos modos de viver, de forma mais ecológica. A mesma acontece no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, de 8 a 10 de julho.

WORKSHOPS SUSTENTÁVEIS

São várias as oficinas disponíveis que visam consciencializar e dar dicas de sustentabilidade aos participantes, desde aprender a salvar plantas em casa, a criar hortas, a combater o desperdício alimentar e  a fazer bolos sem qualquer ingrediente de origem animal.

Vão ser desenvolvidas, ainda, palestras sobre o empoderamento feminino e o ativismo. Também estarão presentes vários cientistas para darem o seu testemunho acerca da ciência climática.

CIDADE DO ZERO VAI TER UM MERCADO

A “Cidade do Zero” age como um ponto onde se podem concentrar e partilhar projetos e marcas cujo objetivo passa por um estilo de vida sustentável e mostrar ao público como o alcançar.

Para quem procura adquirir produtos que sirvam a sua visão sustentável tem à disposição um mercado com vários tipos de roupa e acessórios, com uma particularidade, todas as marcas são regidas por princípios éticos e ecológicos, e aplicam métodos como a gestão de resíduos e utilização de matérias-primas recicladas.

Catarina Barreiros criadora de conteúdos responsável pelo “Projeto Do Zero”, e agora também pela “Cidade do Zero”, em parceria com o Pavilhão do Conhecimento, afirma que o evento é “pensado para educar.” Salientando que “conta com um mercado, mas que não se esgota no consumo. Mais do que um evento, prefiro até dizer que é um centro de partilha, educação e interação.”

O dinheiro arrecadado será direcionado a associações nacionais de impacto ambiental e social. Portanto, um bilhete para cada dia tem um custo de 3€ e um bilhete de 3 dias custa 5€. O dinheiro dos bilhetes de 3 dias será, no entanto, devolvido na totalidade ao comprador, para que possa ser investido em projetos de âmbito social ou ambiental. Esta ideia surge em parceria com a plataforma de investimento em projetos sustentáveis GoParity. No caso de pessoas portadoras de deficiência, o seu acompanhante tem o bilhete oferecido, e, com aviso prévio, o evento terá tradução em língua gestual portuguesa para quem necessitar.

A “Cidade do Zero” visa ser uma exposição em que ninguém fica de fora no processo de aprendizagem para alcançar um modo de vida mais sustentável. Verdadeiras iniciativas que fazem a diferença na proteção do planeta.