Procurar
Close this search box.
Procurar
Os mais lidos

Aquecimento global equivale ao rebentamento de 5 bombas de Hiroshima

Aquecimento global equivale ao rebentamento de 5 bombas de Hiroshima

O aquecimento dos oceanos equivale ao rebentamento de 5 bombas de Hiroshima por segundo. Esta é a conclusão do estudo “Record-Setting Ocean Warmth Continued in 2019”, publicado na Advances in Atmospheric Science. A investigação conclui, ainda, que os últimos dez anos foram os mais quentes de sempre, no que toca a valores de temperatura do mar e do aquecimento dos oceanos.

A equipa internacional de 14 cientistas de 11 institutos, de todo o mundo, revela que nos últimos 25 anos o calor é equivalente à explosão de 3,6 bilhões de bombas como a de Hiroshima. O que significa que oceano terá absorvido 228 sextiliões de joules de calor.

O principal autor do estudo e professor do Centro Internacional de Ciências Climáticas e Ambientais, do Instituto de Física Atmosférica, da Academia Chinesa de Ciências revelou à CNN que “para facilitar a compreensão fiz um cálculo. A bomba atómica de Hiroxima explodiu com uma energia de cerca de 63.000.000.000.000 (63 biliões) de joules. A quantidade de calor que colocámos nos oceanos do mundo nos últimos 25 anos é igual a 3,6 mil milhões de explosões de bombas atómicas em Hiroxima”.

A investigação revela que desde 1970 que mais de 90% do calor do aquecimento global foi absorvido pelos oceanos, com menos de 4% desse calor a ir para a atmosfera ou para a Terra. Esta medição do calor nos oceanos é irrefutável e é mais uma prova do aquecimento global. Para o investigador não existem alternativas razoáveis para justificar a elevação das temperaturas oceânicas, a não ser as emissões de gases poluentes.

Um excelente alerta ao qual não podemos ficar indiferentes. É urgente mitigar o efeito das alterações climáticas para que este fenómeno seja revertido o quanto antes. A garantia de um equilíbrio ambiental e ecológico do planeta, que permite uma melhoria na qualidade de vida.