Act4Nature Portugal: empresas comprometem-se com a biodiversidade

act4portugal-biodiversidade-essencia-do-ambiente

Tendo em conta que o planeta está a perder biodiversidade a um ritmo sem precedentes, aproximando-se rapidamente de um ponto de não retorno, e que  são ainda poucas as empresas para as quais a biodiversidade é uma das primeiras prioridades nas suas análises de “materialidade”, e muitas têm dificuldade em integrar este tema na relação com os seus stakeholders e nas suas estratégias e operações quotidianas, a iniciativa act4nature Portugal, promovida pelo BCSD Portugal, desafia as empresas a proteger, promover e restaurar a biodiversidade.

A verdade é que os humanos estão a alterar os ecossistemas da Terra de forma dramática e a um ritmo sem precedentes, com cerca de 1 milhão de espécies animais e vegetais em risco de extinção. Estes dados da Avaliação Global realizada pelo Intergovernmental Science-Policy Platform on Biodiversity and Ecosystem Services (IPBES) sobre Biodiversidade e Serviços de Ecossistema são um alerta de que é urgente fazer alguma coisa e as empresas podem contribuir para o desenvolvimento de novas dinâmicas. Para além da sua responsabilidade social corporativa, é do interesse das empresas inovar, uma vez que estas dependem de ecossistemas estáveis e resilientes, e que, da escolha por abordagens diferentes, podem surgir novas oportunidades de negócio.

MOBILIZAR AS EMPRESAS A PROTEGER, PROMOVER E RESTAURAR A BIODIVERSIDADE

O act4nature Portugal é uma iniciativa promovida pelo BCSD Portugal no âmbito da act4nature international, lançada em França, em 2018, com o objetivo de mobilizar as empresas a proteger, promover e restaurar a biodiversidade. O lançamento desta iniciativa em Portugal integra-se nos compromissos assumidos pelo BCSD Portugal, em 2019, ao integrar a coligação Business for Nature, incluem o objetivo de envolver as empresas em compromissos que contribuam para reverter a perda de biodiversidade a nível global.

15 empresas nacionais, de diferentes dimensões e setores, já assinaram este compromisso: ANA Aeroportos de Portugal, Corticeira Amorim, Grupo Crédito Agrícola, CTT, ECOINSIDE, EDIA, EDP, Herdade dos Grous, Jerónimo Martins, LIPOR, NBI – Natural Business Intelligence, REN, The Navigator Company, Trivalor e VdA. Adicionalmente, a iniciativa conta com um Conselho Consultivo composto por representantes de entidades de vários quadrantes da sociedade como ONGA, universidades e entidades governamentais como o Ministério do Ambiente e da Ação Climática.

Aderir ao act4nature exige a subscrição de 10 compromissos comuns a todas as empresas e também de compromissos individuais SMART (específicos, mensuráveis, adicionais, realistas e delimitados no tempo), alinhados com a atividade que desenvolvem. Para João Meneses, Secretário-Geral do BCSD Portugal “ao aderir ao act4nature Portugal, as empresas afirmam um compromisso importante, num momento de viragem para a biodiversidade a nível internacional, e têm a oportunidade de passar a integrar melhor o capital natural nos seus modelos de negócios e cadeias de valor, algo decisivo para alcançarmos sociedades e economias verdadeiramente sustentáveis, até 2030”.

O compromisso comum a todas as empresas tem por base 10 premissas: integrar a biodiversidade na estratégia corporativa, fundamentando a atuação no conhecimento científico disponível, dialogar com as diferentes partes interessadas sobre as suas expetativas e os impactos, ações e progresso, avaliar a biodiversidade nas diferentes dimensões relacionadas com a nossa atividade, utilizando indicadores de impacto direto e indireto, de risco e de desempenho, promover a integração progressiva da diversidade biológica nas decisões ao longo das nossas cadeias de valor, desde a produção de matérias-primas naturais até à fase final do ciclo de vida dos produtos, após utilização pelos consumidores, prioritariamente, prevenir, reduzir e, em última análise, compensar os nossos impactos, visando, caso a caso, a ausência de perda líquida ou até um ganho líquido de biodiversidade nas nossas atividades e áreas geográficas de influência, considerando as necessidades de adaptação dos ecossistemas às alterações climáticas, dar prioridade ao desenvolvimento de Soluções Baseadas na Natureza, assegurando que estas são implementadas de forma cientificamente fundamentada e benéfica para a biodiversidade, e promovendo a variedade dessas soluções, integrar a biodiversidade no nosso diálogo com os decisores políticos de forma a fomentar a sua progressiva consideração nas políticas públicas, sensibilizar e formar os colaboradores sobre a biodiversidade e a sua relação com as atividades que desempenham e promover e encorajar iniciativas de proteção da natureza e dar o devido reconhecimento pelas suas ações e práticas neste domínio, mobilizar recursos e estabelecer parcerias adequadas para apoiar e monitorizar as nossas ações no terreno e reportar publicamente a implementação destes compromissos e dos nossos compromissos individuais apresentados.

Qualquer empresa, associada ou não associada do BCSD Portugal, de qualquer dimensão ou setor de atividade pode aderir.

Consciencializar, refletir, implementar, comunicar. Existe ainda um longo caminho a percorrer, que será realizado com sucesso se for implementado por todos um trabalho constante e sólido em prol de um futuro verdadeiramente sustentável. 

 

Partilhar artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Get started

If you want to get a free consultation without any obligations, fill in the form below and we'll get in touch with you.