10 dicas para um regresso às aulas eco-friendly

dicas-para-um-regresso-as-aulas-eco-friendly-essencia-ambiente

Já pensou naquela borracha inteira que sobrou do ano anterior? E no corretor que quase nem se gastou? Em tempos atípicos, reduzir o consumo de materiais torna-se, ainda mais, importante para preservar o ambiente e a sua carteira. Estabelecer práticas ecológicas é o que se impõe para um regresso às aulas eco-friendly. Para isso, tente ser o mais consciente possível e defina uma rotina equilibrada. 

Para que não haja dúvidas sobre como reaproveitar materiais e introduzir hábitos sustentáveis, deixamos 10 sugestões que o podem ajudar neste regresso às aulas. 

1º Procure o que já tem em casa e reutilize 

Se os materiais estiverem em bom estado opte por reutilizá-los, pois, na verdade, não precisa de comprar aquilo que já tem 

Caso precise de comprar novos materiais, prefira blocos e cadernos feitos com papel reciclado. Outra opção é optar por materiais ecológicos como as canetas com recarga, lapiseiras feitas à base de bambu e plástico reutilizado e corretores recarregáveis. 

2º Faça uma lista de compras 

Na hora de comprar o material escolar, devemos ter consciência daquilo que realmente precisamos e pensar no desperdício que as compras por impulso podem causar. Fazer uma lista de compras ajuda a otimizar esta tarefa. Compre, apenas, a quantidade necessária de cada produto e evite o consumismo excessivo que acaba, muitas vezes, por resultar em materiais guardados na gaveta.  

3º Decore os materiais escolares 

Quem é que não gosta de ter todos os anos material diferente? Pode estabelecer esta prática ao decorar os cadernos com imagens e páginas de revista ou até mesmo colocar alguns bordados no estojo e na mochila. 

4º Crie uma rede de amigos e partilhe os materiais  

O regresso às aulas não significa apenas ter os materiais necessários. Com o crescimento das crianças, o ato de comprar roupas novas torna-se inevitável. No entanto, a partilha entre irmãos, outros familiares e amigos pode ser uma ótima opçãoAo reutilizar aumenta a duração de vida do produto, evitando gasto de recursos naturais na produção de bens novos, e ao mesmo ainda está a poupar 

Sempre que for possível, partilhe livros, equipamentos eletrónicos, máquinas calculadoras e roupasO ambiente agradece e a sua carteira também! 

5º Faça um bloco de notas sustentável 

Já pensou na quantidade de folhas que sobram dos cadernos todos os anos? Estabeleça uma rotina mais equilibrada e retire todas as folhas, em branco, dos cadernos que já não utiliza, e faça um bloco de notas. Esta opção ajuda a combater o abate de árvores e permite-lhe poupar dinheiro ao evitar a compra de cadernos de anotações.

6º Opte por um kit de lancheira sustentável e saudável  

Defina hábitos ecológicos e equilibrados ao utilizar guardanapos de pano, lancheiras de algodão, termos para bebidas e marmitas em inox e copos reutilizáveis. 

Opte por colocar na lancheira alimentos mais saudáveis. Para além de ter benefícios para a sua saúde, a redução do consumo de produtos processados como bolachas embaladas, bolos revestidos de plástico e sumos empacotados, ajuda a preservar o meio ambiente ao evitar a utilização de plástico de uso único.

Uma sugestão muito importante: a maioria das frutas já têm casca, desta forma não utilize embalagens para as guardar.  

7º Dê preferência ao comércio local 

Na hora de comprar aquilo que necessita para o dia a dia escolar, opte por fazer compras nos comércios locais. Além de contribuir para a redução de emissões de gases poluentes, por causa de evitar deslocações fora da cidade, permite desenvolver o comércio local e contribuir para a Economia local. 

8º Escolha alternativas mais sustentáveis a caminho da escola 

Caso seja possível desloque-se a pé. Esta ação vai permitir-lhe caminhar, aproveitar a natureza e, ao mesmo tempo, ajudar o meio ambiente na redução da poluição atmosférica.

Para os mais crescidos, que já não precisam da companhia dos pais, a opção de ir de bicicleta é um ótimo exemplo para tornar a rotina mais eco-friendly e saudável.

9º Separe corretamente os resíduos  

Quando não for possível a reutilização, não descarte os resíduos de forma inconsciente. O papel deve ser colocado no papelão (contentor azul), as pilhas no pilhão e os materiais elétricos e eletrónicos entregues no Ecocentro. As canetas, por exemplo, embora sejam produzidas com plástico não devem ser colocadas no ecoponto amarelo. Como não são consideradas embalagens, estas devem ser encaminhadas diretamente para o lixo comum.  

Não se esqueça: o ecoponto amarelo é apenas destinado a embalagens de plástico, de metal e a pacotes de bebidas. 

10º Use e abuse de bibliotecas 

A requisição de livros é um ótimo exemplo de uma prática sustentável. Além de evitar o excesso de produção de materiais, evita comprar livros que, muito rapidamente, deixarão de ter uso. 

Pode recorrer à biblioteca escolar e do município ou até mesmo a bibliotecas virtuais, optando por audiolivros.   

Incutir hábitos de responsabilidade ambiental é uma ferramenta importante, que deve ser trabalhada cada vez mais cedo nas crianças. Adotar práticas com uma postura mais responsável e consciente é a base para que as próximas gerações não fiquem comprometidas. Lembre-se: é essencial estes comportamentos irem além da teoria. A educação ambiental faz-se de bons exemplos que devem ser estimulados e partilhados. Só com práticas sustentáveis podemos ajudar a mitigar os problemas ambientais do Planeta.  

 

Partilhar artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Get started

If you want to get a free consultation without any obligations, fill in the form below and we'll get in touch with you.